Durante os encontros Mulheres (no plural) e o Comum promovido pelo Instituto Procomum nos meses de maio e junho de 2017, as facilitadoras da oficina, Lia Rangel, jornalista e contadora de histórias e Bianca Santana, jornalista, escritora e taróloga compilaram uma bibliografia de literatura feminina.

Transformamos essa bibliografia em uma lista de dicas de leitura. Boa parte do conteúdo pode ser lido gratutitamente na intenernet. Confira: 

1-Quando me descobri negra – Bianca Santana

2-Insubmissas lágrimas de mulheres – Conceição Evaristo

3-Caroço de dendê, sabedoria dos terreiros – Mãe Beata de Yemonjá

4- A cor púrpura – Alice Walker

5- Brasil uma historia de amor e fúria – FILME

6-Quarto de despejos – Carolina Maria de Jesus

7-Feminismos Negros, una antología – Mercedes Jabardo the city of women – Ruth Landes

8- O sabá do sertão , feiticeiras, demônios e Jesuitas no Piaui Colonial – Carolina Rocha

9-Mitologia dos orixás – Reginaldo Prandi

10-Olhos d’água – Conceição Evaristo

11-Revolution at point zero – Silvia Federici

12-O livro da saúde das mulheres negras – Jurema Werneck

13-Outros jeitos de usar a boca – Rupi Kaur

14-Racismo, sexismo, e desigualdade no Brasil – Sueli Carneiro

15-Sueli Carneiro – Rosane da Silva Borges

16-Caliban and the witches – Silvia Frederich

17-A tenda vermelha – NETFLIX e LIVRO

18-Feminismo, Economia e Politica – Renata Moreno

19-Lilith a Lua Negra – Roberto Sicuteri

20-A moça tecelã – Marina Colasanti

21- Guerreiras de natureza – Elisa Larkin Nascimento