Chamada pública do Instituto Procomum contemplou 13 projetos para a promoção dos bens comuns na Baixada Santista. Encerramento será na quinta-feira, no Teatro Guarany, a partir das 18h30. Gratuito

Uma trituradora de galhos, movida a pedal, que ganhou o divertido nome de Papa-Galhos e ajuda o pessoal da horta comunitária Bons Frutos, no Jardim São Manuel, Santos, a produzir alimentos ainda mais saudáveis. Aquecedores solares, feitos a partir de bricolagem, que hoje esquentam as torneiras do coletivo Novo Paraíso, em Cubatão, e de casas do bairro Pinhal do Miranda. Uma tritudora de garrafas PET, desenvolvida com tecnologia maker, para processar o lixo que ativistas ambientais recolhem na praia de Itaquitanduva, na divisa de São Vicente com a Praia Grande.

A história desses projetos, e de outras dez experiências, será apresentada na próxima quinta-feira (4/5), no Teatro Guarany, em Santos, a partir das 18h30, na noite de encerramento do Circuito LABxS (Lab Santista). Nos últimos dois meses, essas iniciativas de inovação cidadã, cultura livre e tecnologia social ganharam vida, contribuindo para fomentar o bem comum e melhorar a vida de comunidades da região. O encerramento será, justamente, um momento de compartilhamento do conhecimento produzido coletivamente. A atividade é aberta e gratuita.

No total, os 13 projetos contemplados pela chamada pública promovida pelo Instituto Procomum realizaram 35 ações entre oficinas, apresentações culturais, mutirões e criação de protótipos. Os promotores das iniciativas terão entre cinco e sete minutos para nos contar como foi o processo de elaboração e construção de suas atividades. “A ideia da atividade é que possamos ouvir boas histórias sobre o impactos do uso da inovação, da cultura e da tecnologia em diferentes áreas de atuação e territórios”, explica Marina Pereira, produtora do Circuito LABxS (Lab Santista).

Sobre o Circuito LABxS (Lab Santista)

O Circuito LABxS (Lab Santista) é uma iniciativa do projeto LABxS – Laboratório Santista, desenvolvido pelo Instituto Procomum e foi realizado via chamada publica. O LABxS é um laboratório cidadão que está sendo co-criado colaborativamente e que se afirma como uma rede de pessoas, iniciativas e infraestruturas que atuam para promover a inovação com foco na transformação social. Para o Circuito LABxS (Lab Santista) se inscreveram 127 propostas de atividade e um júri especializado selecionou 13 projetos, que receberam uma microbolsa de R$ 1,2 mil reais cada para realização da atividade. A próxima edição do Circuito ocorrerá em 2018.

Conheça as 13 ações do Circuito LABxS (Lab Santista)

1- Hackathon na Horta

O Hackathon na Horta foi uma maratona de design colaborativo para construir uma trituradora de galhos movida a pedal para a Horta Comunitária Bons Frutos, no Jardim São Manoel, zona noroeste de Santos.

Leia matéria

2- Transfinitos

Com o objetivo de reconhecer e fortalecer o protagonismo estudantil e o debate por educação do movimento secundarista de 2015, foi realizada uma ocupação artística de dois dias na E.E Cleóbulo Amazonas em Santos-SP.

Leia matéria

3- Aquecedor Solar de Baixo Custo

Oficina de construção de aquecedor solar de baixo custo no Coletivo Novo Paraíso em Cubatão, na qual os participantes aprenderam como construir seu próprio aquecedor utilizando materiais encontrados em lojas de construção e com custo menor que R$ 100 reais.

Veja vídeo

4- Minas no Hip Hop em Perequê

Festival de hip hop feminino organizado pelo coletivo feminista FRMH2-BS no bairro do Perequê, em Guarujá. A atividade contou com reforma e limpeza da associação dos moradores, mural de graffiti, rodas de conversa e apresentações musicais.

Leia matéria

5- Itaquitanduva Sustentável

Construção de uma trituradora de garrafas PET para ajudar na limpeza da praia de Itaquitanduva, em São Vicente. O grupo Itaquitanduva Aborígenes, que frequenta e limpa a praia há mais de 30 anos, lançou o protótipo em um mutirão de limpeza.

6- Móvel de Papelão – Faça o Seu

Oficina aberta e gratuita para construção de móveis utilizando papelão no Jardim Botânico, em Santos. A atividade foi documentada e transformada em vídeo “wiki-how/faça você mesmo” para publicação na Internet.

7- Marcha Cega

Duas performances na qual as pessoas vendaram os olhos e foram guiadas por deficientes visuais pelas ruas de Santos e São Vicente. A ideia é promover e refletir sobre a violência cotidiana e a empatia. A documentação (fotos, vídeos e depoimentos) se tornou uma exposição na Estacão da Cidadania, em Santos.

Leia matéria

8- Lançamento do Guia de Direitos das Empregadas Domésticas

Preta-Rara, música e criadora da página Eu, Empregada Doméstica publicou em versão impressa e online um guia de direitos destinado às trabalhadoras domésticas. O lançamento aconteceu no SindiLimpeza, em Cubatão, e contou com uma série de atividades de cuidado e amparo.

Leia matéria

9- Banheiro Seco na Aldeia Guarani Mbya Tekoa Paranapuã

O coletivo Plantando Sonhos realizou via Encontro de Permaperifa ( rede de permacultores de São Paulo e região metropolitana) na aldeia Tekoa Paranapuã em São Vicente para construir um banheiro seco e uma horta comunitária mesclando conhecimentos tradicionais da cultura Guarani com técnicas da permacultura.

Leia matéria

10- Vestir ECO

Série de oficinas e rodas de conversa sobre moda e sustentabilidade no Projeto Luzes da Vila, Morro São Bento, em Santos. As participantes da oficina, em sua maioria meninas jovens, também realizaram um desfile com as peças produzidas nas oficinas.

11- Criação do Jogo Santista

Elaboração colaborativa de um jogo educativo de tabuleiro sobre as questões ambientais e urbanísticas da Baixada Santista. O jogo poderá ser utilizado em salas de aula das escolas públicas da região.

12- Brincar (Elas)

Cortejo de mulheres para recuperação das tradições e religiosidade de matriz africana em Vicente de Carvalho, Guarujá.

Leia matéria

13- BiciContação

Construção de uma bicicleta-palco para contação de historias. O lançamento foi realizado em apresentação gratuita em Praia Grande. O projeto poderá ser replicado.

Powered by WPeMatico