28 e 29 de abril
AMe no Circuito LABxS – Oficina de Autoconhecimento e Autocuidado

Local: Insitituto Procomum
Datas: 28 e 29 de abril (sábado e domingo)
Horário: das 15h às 18h

AMe no Circuito LABxS irá lançar pistas para estudos em anatomia, autoconhecimento e autocuidado. Serão dois dias de atividades corporais + feitura de um óleo terapêutico + bate papo. Cada inscrita/ o receberá um kit no início da atividade e ao final do segundo dia poderá levar para casa seu material para dar continuidade aos exercícios.

Inscrição: Poderão se inscrever 20 pessoas de qualquer gênero e idade (menores somente acompanhada da/o responsável com inscrições individuais).

Inscrições podem ser feitas pelo telefone 13 996795322 (whatsapp > Amanda) do dia 19/ 04 até 25/04.

INSCREVA-SE AGORA

5 de maio
Meninas para frente

Local: Lab Santista (rua Sete de Setembro, 52. Santos-SP)
Datas: 5 de maio.
Horário: das 8h às 19h
Proponente: Marcela Mattos.

Um dia de vivência para meninas com oficinas de skate, grafitti, defesa pessoal e imagem e identidade. Também acontecerá exposições de fotos e pinturas e shows de bandas femininas.

INSCREVA-SE AGORA

6 de maio
Corpos, HIV e Espaço Público- a arte como ferramenta de informação

Sequência de atividades artísticas sobre HIV/Aids e suas intersecções identitárias, de gênero, étnico-raciais e de orientação sexuais. Serão apresentadas performances, roda de conversa sobre arte, HIV e ativismo, troca de vivências que abordem o vírus do HIV, corporeidades e suas intersecções, pensando a epidemia de Aids em um viés social e estrutural.

Local: Lab Santista (rua Sete de Setembro, 52 – Vila Nova, Santos-SP) e Emissário Submarino (Posto 1, Av. Pres. Wilson, S/N – José Menino, Santos – SP)
Datas: 6 de maio.
Horário: das 8h às 19h
Proponente: Vinícius Silvino.

Evento no Facebook.

Das 13:30 às 15:30 Intervenção “Contagiar” com Kako Arancibia no Emissário Submarino.

Das 16:00 às 16:30 performance “Cura” com a performer e artista plástica “Micaela Cyrino” – Lab Santista.

Das 17:00 às 18:30  roda de conversa com Kako Arancibia, Micaela Cyrino e Silvino, mediada pelo coletivo Loka de Efavirenz – Lab Santista

18:30 batalha do Slam dos Andradas – Lab Santista.

Puff Di Rua

Local: rua Manoel de Chaves, Cidade Naútica, São Vicente- SP.
Data: 6 de maio.
Horário: 9h às 17h.
Proponente: Diego Silva.

Evento no Facebook.

Oficina de móveis com madeira reutilizada na qual os moradores de rua serão protagonistas para o recolhimento de madeiras, organização, promoção e execução da atividade.

8 de maio
PLP Cubatão

Curso gratuito para mulheres sobre direitos e cidadania com enfoque na discriminação de gênero e raça.

Local: Sindilimpeza Cubatão ( R, Av. Dr. Fernando Costa, 389 – Vila Paulista, Cubatão – SP).
Datas: 8 e 22 de maio
Horário: 18h.

Dia 08/05 – tema: A tripartição dos Poderes:  papel do Executivo, Legislativo e Judiciário

Mesa de debates com mulheres representantes dos três poderes: Fábia Margarido, Secretária de Assuntos Jurídicos; Erica Verçosa, Vereadora Municipal; e Carmen Silvia Hernandez Quintana Kammer de Lima, Juíza da comarca de Cubatão.

Dia 22/05 – tema: Acesso à Justiça: Ministério Público, Defensoria Pública e a Polícia

Mesa de debates com mulheres representantes dos órgãos de acesso à Justiça na cidade de Cubatão: uma promotora, uma defensora e a Delegada de Polícia de Defesa da Mulher, Mayla Ferreira Hadid.

 

10 de maio

Agrofloresta na Aldeia

Local: Aldeia Tekoha Paranapuã (Av. Engenheiro Saturnino de Brito, s/ nº – Parque Prainha, São Vicente-SP)
Datas: 10, 18, 22 e 31 de maio.
Horário: 8h às 17h30

Construção de horta orgânica unindo conhecimento tradicional guarani e conceitos de agroecologia na aldeia indígena Guarani Mbya Tkoá Paranapuã.

INSCREVA-SE AGORA

12 de maio

Vivências interseccionais: LGBT e negritude!

Local: Lab Santista (rua Sete de Setembro, 52 – Vila Nova, Santos-SP).
Datas: 12 de maio
Horário: 14h às 18h.
Proponente: Fabricio Dias

Roda de conversa interseccional com a temática LGBT e negritude e criação de rede de apoio. Atividade organizada pelo coletivo Marsha Johnson.

16 de maio
Mulheres na ciência – o redescobrir, o aprender e o despertar da mulher para a computação

Local: A definir.
Datas: 16 a 31 de maio.
Horário: A definir.

Oficinas de programação em software para alunas do Ensino Médio.

19 de maio
Foi Vovó quem Falou – Edição Negras Raízes

Local: Parque Anilinas.
Datas: 19 de maio.
Horário: 14h às 21h.
Proponente: Juliana Clabunde

Compilação de histórias de pessoas e famílias afrodescendentes da cidade de Cubatão-SP e realização de atividades culturais, oficinas e feira afro.

Guerrilha Doc – Mulheres em (luz, câmera e) Ação *

Local: Lab Santista, São Judas Unimonte e MISS (Museu da Imagem e do Som de Santos)
Datas: Oficinas 19 a 22 de maio. Apresentação 26 de maio.
Horário: 14h30 às 18h
Proponente:
Iasmim Alvarez

Oficina audiovisual de mulheres para mulheres para documentação de territórios e personagens de cada participante.

Programação completa:

INSCREVA-SE AGORA

Conversas e histórias da cultura surda

Brunna Rodrigues
Local: Congregação Santista de Surdos ( R. Tocantins, 04 – Gonzaga, Santos – SP).
Datas: 19 de maio
Horário: 13h

Oficina de sensibilização à cultura surda com uma artista e contadora de histórias Surda de Santos organizada pelo gRUPO êBA!

26 de maio
SMS-CHUVAS

Local: A definir
Datas: 26 de maio
Horário: A definir.
Proponente:
Antonio Braga

Criação de Sistema Eletrônico Autônomo de Monitoramento Ambiental, Alerta e Notificação contra Chuvas Fortes, Alagamentos e Enchentes via SMS em tempo real

27 de maio
1° Festival de Arte Preta do Portal Umoja

Local: Lab Santista (rua Sete de Setembro, 52 – Vila Nova, Santos-SP.
Datas: 27 de maio
Horário: 15h às 22h

Realização de um festival de fomento à produção artística feminina e afrocentrada na Baixada Santista com atividades, oficinas, rodas de conversa e exposições.

1 de junho
Da Sola do Tênis ao Avião _ Todos inventos começaram com uma brincadeira

Local: A definir.
Datas: 1 de junho.
Horário: A definir.

Para Einstein, “A imaginação é mais importante que o conhecimento”. Serão 2 oficinas, uma em cada turno. Para criar brinquedos em conjunto. Alunos de escola pública indicada pelo Procomum. Portanto, 5 crianças de manhã; 5 crianças a tarde. Cada encontro terá duração de 4 h/aula. Serão 7 encontros para elaboração e execução. No 8, apresentação dos Projetos/Resultados para o público.

2 de junho
Pixerum – Intercâmbio entre comunidades tradicionais caiçaras

Local: Ilha Diana
Datas: 2 de junho.
Horário: 8h às 17h

Ação de intercâmbio entre comunidades tradicionais caiçaras com encontro na Ilha Diana com roda de conversa, integração e roda de fandango.